Informações Gerais

Esta formação aborda temas relacionados com a dor crónica, dor e inflamação neurogénicas, fibrose endoneural/ perineural, neuropatomecânica e mobilização manual do sistema nervoso periférico.

As possíveis consequências de compressão/ fricção do tecido conjuntivo nervoso e/ou axonal contribuem para o fenómeno de dor/ inflamação neurogénica (1), podendo originar impulsos ectópicos e respostas efáticas (2), potenciais de ação com duração e amplitude alteradas, PEPS/ PIPS anormais e sensitização central (3). Estes factores podem iniciar um ciclo vicioso de inflamação com alteração: do número de fibrobastos no interstício (fibrose); da qualidade do colagénio; da permeabilidade da membrana celular e do neurilema. Estas alterações anatómicas (desorganização da matriz, degeneração neurilema ou bainhas axonais) implicam uma alteração da fisiologia normal a que se dá o nome de -neurofisiopatomecânica-.
Em termos muito gerais, a mobilização neural pode intervir na dispersão do exsudado inflamatório (4) , no aumento da viscoelasticidade do tecido conjuntivo nervoso (5) (6), na diminuição da dor pela libertação de adenosina e estimulação do “gate control” (7).

Sendo que a dor neuropática estima-se estar presente entre 3.5% a 18% da população com dor (8), a mobilização do tecido nervoso periférico pode representar uma intervenção terapêutica com validade científica (9) (10) (11), sobretudo nas mononeuropatias de causa compressiva/ fricção ou iatrogénica, mas também, possivelmente, nas dores neurogénicas em doentes reumáticos (12).

 

Conteúdo Programático

Mobilização do SNP somático (neuroeixo e membro superior)

1. Neuromecânica e neurofisiologia:

- Constituição do nervo espinal: Mesoneuro, epineuro, perineuro e endoneuro.

- Transporte axonal: Fluxo axoplasmático anterógrado e retrógrado.

- Nervi nervorum/ vasa nervorum

- Propriedades visco-elásticas do tecido neuromeníngeo

- Ligação mecânica do neuroeixo com o tecido neuromeníngeo periférico

- Nervi Continuum

2. Neurodinâmica:

- Conceitos de tensão e deslize

- Conceito de interfaces em relação ao tecido nervoso.

- Conceito de abertura ou fechamento.

3. Neuropatomecânica:

- Dor e inflamação neurogénicas/ neuropática

- Efeitos da mobilização neural:

- Receptores cutâneos, articulares e musculares.

- Vias da sensibilidade somática.

- Vias cortico-espinais. Transmissão neuromuscular.

- Transporte axonal, vascular e linfático.

- Propriedades mecânicas do tecido nervoso.

- Inflamação de origem neurogénica nos tecidos moles.

- Inibição da dor (‘gate control’), vias descendentes inibitória, ADP inibitório e processo de centralização

da dor.

4. Exame neurológico:

- Vias ascendentes e descendentes

- Sistema nervoso periférico:

- Nervos espinais e formação de plexos

- Plexo braquial.

- Distribuição anatómica e diferenciação de mapas de dermátomos / miótomos nas raízes nervosas e nervos periféricos.

- Exame neurológico diferencial no SNC e SNP

- Avaliação da sensibilidade somática

- Informação sensitiva das vias lemniscais médias, espino-talâmicas espino-cerebelosas.

- Avaliação motora somática: Informação motora das vias corticoespinais

- Scratch collapse test

- Neurodinâmica como avaliação

- Patologias e disfunções mais comuns nos plexos e nervos periféricos:

  • Mononeuropatias

  • Polineuropatias

  • Radiculopatias

5. Técnicas de neuromobilização:

- Plexo braquial: nervo supra-escapular, circunflexo, musculocutâneo, mediano, radial e cubital.

- Neuroeixo

- Biomecânica da coluna cervical

- Técnicas de neuromobilização para cervicobraquialgia (discopatia ou outras), “sindrome do canal cárpico”, “cotovelo de tenista” com compromisso do nervo radial, etc.

- Casos clínicos

Referências

(1) Fixed-diameter polyethylene cuffs applied to the rat sciatic nerve induce a painful neuropathy,Pain. 2006; 64(1): 37-57.
(2) Serra J., Debanne 2004
(3) Ru-Rong Ji, Ph.D., Andrea Nackley, Ph.D., Yul Huh, B.S., M.S., Niccolò Terrando, Ph.D., William Maixner, D.D.S., Ph.D., Neuroinflammation and Central Sensitization in Chronic and Widespread Pain, Anesthesiology 2018
(4) Kerry K Gilbert, C Roger James, Gail Apte, Cynthia Brown, Phillip S Sizer, Jean-Michel Brismée, Michael P Smith, Effects of simulated neural mobilization on fluid movement in cadaveric peripheral nerve sections: implications for the treatment of neuropathic pain and dysfunction, Journal of Manual & Manipulative Therapy 2015, 23 (4): 219-25
(5) Smith D.H. Wolf J.A. Meaney D.F. A new strategy to produce sustained growth of central nervous system axons: continuous mechanical tension. Tissue Eng. 2001;7:131.
(6) Pfister B.J. Iwata A. Meaney D.F. Smith D.H. Extreme stretch growth of integrated axons. J Neurosci. 2004;24:7978. Pfister B.J. Iwata A. Taylor A.G. Wolf J.A. Meaney D.F. Smith D.H. Development of transplantable nervous tissue constructs comprised of stretch-grown axons. J Neurosci Methods. 2006;153:95.
(7) David L. Butler, Ph.D., Steven A. Goldstein, Ph.D., Robert T. Tranquillo, Ph.D., The Impact of Biomechanics in Tissue Engineering and Regenerative Medicine 
R.Guieua, J. C. Peragutb, H. Hassania, F. Sampieria, G. Bechisa, R. Golac, H. Rochata, Adenosine and neuropathic pain, Pain, Volume 68, Issues 2–3, December 1996
(8)Neuropathic pain in the general population, International Association for the Study of Pain, 2013
(9) Giovanni E. Ferreira, PT, F á bio F. Stieven, MSc, Rodrigo Della Me á Plentz, PhD, Marcelo F. Silva, PhD , Neurodynamic treatment for patients with nerve-related leg pain: Protocol for a randomized controlled trial
(10) Tiago Neto , Sandro R. Freitas, Marta Marques, Effects of lower body quadrant neural mobilization in healthy and low back pain populations: A systematic review and meta-analysis
(11) Christos Savva, Giannis Giakas, Michalis Efstathiou, Christos Karagiannis, Effectiveness of neural mobilization with intermittent cervical traction in the management of cervical radiculopathy: A randomized controlled trial
(12) Jason J McDougall, Neurogenic origin of joint pain, Arthritis and Pain 2006. 


Local

Lisboa

Investimento

190€ por módulo

Formador

  • Formado em Osteopatia pela Oxford School of Osteopathy - Oxford Brookes University. 2003.

  • Criador do método NeuroMobilização Clínica ® 

  • Cédula profissional definitiva de Osteopatia nº 0100508

  • Registo profissional no General Osteopathic Council 7125

  • Docente na Escola Superior de Saúde da Cruz Vermelha Portuguesa em Neurofisiologia e Fisiologia articular

  • Formador convidado da Escola Superior ATMAN (França) em formação pós-graduada para Osteopatas​