Christian Lunghi- cuidados osteopáticos adaptados à prática clínica

Informações Gerais

Desde as origens da medicina osteopática, os processos relacionados com a saúde,

a sua promoção e a sua manutenção são considerados os itens centrais na definição

do papel da profissão. A evolução do conceito de saúde ao longo do tempo coincidiu

com um processo de renovação do cenário de cuidados clínicos osteopáticos, também,

graças aos princípios do modelo biopsicossocial, à psiconeuroimunologia e ao modelo

adaptativo de saúde.


Recentemente, olha-se para os cuidados osteopáticos também com o objetivo de melhorar

a salutogénese, ie, promover a saúde, com o foco na redução do stress e da carga alostática
para prevenir e tratar disfunções/ doença. Esta "lente osteopática" refere-se a modelos

de raciocínio de diagnóstico que são baseados na relação entre estrutura e função no corpo
humano e guiam a seleção de abordagens de tratamento de acordo com o tipo de carga
alostática da pessoa em cuidado. O tratamento tem o objetivo de interagir com a função
adaptativa, seja biomecânica, neurológica, respiratória-circulatória, metabólica ou
biopsicossocial: os cinco modelos de estrutura / função osteopática.

Objetivos de aprendizagem

Na conclusão deste curso, os alunos serão capazes de:

  • Aplicar diretrizes baseadas em evidências na gestão da dor crónica;

  • Classificar pacientes com dor como: nociceptiva, neuropática ou de sensibilização central;

  • Implementar uma avaliação biopsicossocial completa de um paciente com dor crónica;

  • Educar o paciente crónico em neurociência da dor;

  • Ferramentas para educar o paciente na gestão de stress, como uma intervenção suplementar;

Conceber um programa de terapia eficaz para a dor, envolvendo o paciente no processo e que considera os aspectos cognitivos / afetivos / emotivos na experiência da dor.

PROGRAMA DE CURSO (total: 24 horas)

 

29 Novembro: Dia 1 (8 horas)


Princípios e modelos osteopáticos na prática clínica.

- Saúde: modelo adaptativo
- Psiconeuroimunologia e modelo biopsicossocial na prática clínica osteopática: os cinco modelos estrutura / função
- Processo de decisão no campo osteopático
- Achados palpatórios osteopáticos: alterações teciduais relacionadas com as atividades dos sistemas

e processo alostático
- Raciocínio e diagnóstico osteopático: a integração dos achados biomédicos e palpatórios
- Diagnóstico osteopático: seleção e integração de modelos osteopáticos
- Plano terapêutico


30 Novembro: Dia 2 (8 horas)


Osteopatia.
- abordagens sistêmicas nos campos biomecânico, neurológico, metabólico, circulatório, respiratório

e psicossocial
- abordagens ativas do paciente (aconselhamento nutricional e exercício)


1 de Dezembro: Dia 3 (8 horas)
- abordagens específicas nos domínios biomecânico, neurológico, metabólico, circulatório, respiratório

e psicossocial
- abordagens ativas do paciente (aconselhamento nutricional e exercício)
- abordagens baseadas em sintomas (com base nos resultados de estudos de pesquisa em diferentes contextos clínicos)
- considerações finais (mesa de discussão-redonda)


EQUIPAMENTO ESPECÍFICO


É útil que cada participante tenha:
- Tapete de yoga
- Roupa de prática


Leituras selecionadas:
- Hruby R, Tozzi P, Lunghi C, Fusco G., (2017). The 5 osteopathic models: Rational,
Application, Integration . From tradition to innovation for a centered person osteopathy.
Handspring publishing. Pencaitland.


- Liem T, Tozzi P, Chila A, (2017). Fascia in the osteopathic Field. Handspring Publishing.
Pencaitland


- Lunghi C, Baroni F, (2019). Cynefin Framework for Evidence-Informed Clinical Reasoning
and Decision-Making. J Am Osteopath Assoc. 119:312-21.


- Lunghi C., Tozzi P, Fusco G, (2016). The biomechanical model in manual therapy: Is there
an ongoing crisis or just the need to revise the underlying concept and application? J
Bodyw Mov Ther. 20(4): 784–99


Métodos de Aprendizagem


- Pré-leituras
- Pequenos grupos de trabalho
- Avaliação pelos pares
- Aprendizagem baseada em casos clínicos
- Palestra


Condições de pagamento


Até 29 de Setembro - 350 €
Até 29 de Outubro - 420 €


Local


Porto

Formador

Christian Lunghi trabalha como osteopata e naturopata em

Roma (Itália). É membro do Conselho Consultivo Italiano da
Fundação Centro de Colaboração em Medicina Osteopática
(COME); Membro do Comité de Pesquisa e do Conselho
Nacional de Exames e do Grupo de Trabalho de Competências
Essenciais do Registro Italiano de Osteopatas (ROI). ; Também
membro do Grupo de Trabalho do Currículo Central da
Associação das Escolas Italianas de Osteopatas (AISO). Dá
palestras sobre raciocínio clínico osteopático e de medicina
osteopática. É autor e co-autor de livros e publicações em
revistas indexadas.